Da "console wars" à "console ending"

domingo, 28 de agosto de 2016

Nintendo se rendeu aos celulares. Steam e Origin estão em crescimento. Ubisoft lançou o Uplay, sua própria plataforma, e está oferecendo jogos excelentes de graça por um ano. Facebook lançou sua propria plataforma. Usuários do Windows 10 têm cada vez mais acesso a jogos do Xbox ONE. Até a Sony oferecerá uma plataforma pelos computadores ao estilo Steam, o PlayStation Now.

Basta um joystick e voilà...

Fica difícil imaginar que o console como conhecemos hoje ainda exista em 10 anos. E ninguém precisa sair por aí cantando "não deixa o console morrer, não deixa o console acabar, o gamer foi feito de console, de console pra gente jogaaar "

A questão é outra: quem vai precisar de console?

0 comentários:

Postar um comentário