Um usuário no PC só para games

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Garotada, sigam um conselho de ouro do tio: se o seu PC não é assim a coisa mais fuderosa do mundo, existe algo que pode te ajudar bastante na hora de jogar. E é algo simples: criar outro usuário em seu computador e reservá-lo só para os games!

Sem textos, sem fotos, sem gráficos, sem aqueles vídeos do torrent (ou do RedTube, porque né...), sem uma porrada de programas rodando em segundo plano, esse usuário tende a rodar seus jogos mais pesados com mais tranquilidade.

Eu, por exemplo, tenho em meu computador muitos e muitos livros em PDF, documentos de texto, desenhos disso e daquilo, mexo em Photoshop, em edição de vídeos... só não tenho os RedTubão, porque sou moço puro ;-)

Antes de fazer essa simples mudança, o Asphalt 8 simplesmente não rodava em meu computador, que não é o maior pangaré do mundo, mas tá longe de ser uma super máquina.

Sei que deve ter dica melhor no mercado, mas a minha não é de se jogar fora.


Fazendo seu negócio decolar com Pokémon GO

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

O Escola Freelancer é mais um site — sem o sentido pejorativo de "mais um site", por favor — que resolveu falar de Pokémon GO, mesmo não sendo especializado em games, mas muito interessado na oportunidade comercial que o jogo criou.

Seu artigo 7 maneiras de fazer seu negócio decolar com Pokémon GO é bem interessante e eu recomendo. A maneira 2, "escreva algo relacionado com Pokémon GO" eu já estou pondo em prática. Exatamente agora.

Só não concordo filosoficamente com a última. Mas aceito, enquanto estratégia de marketing.

Este escalafobético anúncio é um dos cases avaliados no artigo.

Últimos dias para conseguir Rayman Origins gratuitamente no UPlay

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

O UPlay, plataforma de jogos da Ubisoft, está comemorando os 30 anos da produtora francesa, relançando um grande jogo a cada mês.

O jogo de agosto foi Rayman Origins. Lançado em 2012, foi o mais recente dos três títulos lançados no Ubi30. Em junho, a Ubi tinha disponibilizado Prince of Persia: The Sands of Time e em julho foi a vez de Tom Clancy's Splinter Cell de 2002.



Antes de lançar o título do mês corrente, a Ubi deixa o título do mês anterior disponível por alguns dias. Portanto, se você correr ainda dá pra jogar de graça Rayman Origins!

Coins & Sagas recomenda efusivamente.

Se você ainda não tem UPlay, pode baixar clicando aqui.

Desculpa perfeita

A coleção Vans x Nintendo, da Vans (really?) chegou ao Brasil.



Nós já pensamos numa boa desculpa para não comprar, se tua grana tá meia curta. É só dizer que o "Game Over" do tênis fica escondido quando você caminha. Ninguém vê. E, portanto, o produto é muito do sem graça.

Jogo "de cartas" dos mesmos criadores de 'Alto's Adventure' é anunciado para 2017

Uma floresta com rios, pedras, montanhas, canos pode ser cenário perfeito para um bom RPG ou jogo de plataforma. Mas que tal se fosse cenário de um jogo de cartas. Com bem pouco já divulgado, o estúdio Snowman, mesmo por trás do hit Alto's Adventure anunciou recentemente essa lindeza chamada "Where Cards Fall".

Na União Soviética, o Pokémon caça você

terça-feira, 6 de setembro de 2016

A notícia do youtuber russo que foi detido por dois meses por jogar Pokémon GO numa igreja é só mais uma das tantas que pipocam todos os dias desde que o jogo foi lançado, envolvendo basicamente dois fatores:
- alguém jogando o jogo.
- alguém ou alguma instituição com birra do jogo.

Pra quem acha que a punição do rapaz foi exagerada, a coisa ainda pode ficar pior: ele corre o risco de enfrentar 5 anos de pokéxilindró.

O que ele diz para se defender?: "Você não pode prender alguém por ser um idiota".

Será que cola?

Pokégulag, vai! 

Quando a montanha fica russa

Já tem alguns dias que fiz um artigo no Game Lover sobre o Planet Coaster, jogo de simulação de parque de diversões que rivaliza com o RollerCoaster Tycoon World.

Rivalizam, inclusive, no preço. Ambos custam 129 reais e uns centavos. Planet Coaster está em pré-venda e RollerCoaster Tycoon World tem uma versão Deluxe um pouquinho mais cara.


Não que não existam por aí jogos bem mais caros que isso. Mas quem não gosta de tanta felicidade e coisas coloridinhas pode comprar, também na Steam, ao jogo de terror The Park, por apenas R$ 30,00 (pacote básico).

Mais fofuxo que eu?

Em The Park saem os dinossaurinhos e crianças com balão e entram os seres assombrados devoradores de crianças com balão.

A doce saga de um crush

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Em Candy Camp Story, jogo recentemente agregado à loja de aplicativos do Windows 10, você pode fazer pontos alinhando três ou mais objetos iguais. Geralmente doces. Inclui rosquinhas e picolés.


E ainda tem esse ícone aqui:



Entendendo o YouTube Gaming

Para algumas pessoas, especialmente os mais velhos, não faz sentido que gameplays atraiam tanta atenção. Essa história de "mas não é mais divertido jogar do que olhar?" eu já vi, ao vivo, da boca de um cinquentão.

O lance é que ninguém entende direito porque as pessoas gostam tanto de ver os outros jogando. Mas para quê entender, não é mesmo?

Estande do YouTube na BGS 2016.

Sonic está virando o Waluigi de si próprio

Sonic Mania, o jogo 2D estilo retrô-remasterizado, previsto para 2017, tem tudo para agradar seu público mais fiel e crítico.


Por outro lado, o jogo que, por enquanto, é chamado apenas de Sonic Project 2017 e também é previsto para 2017, traz uma aventura em 3D do Sonic atual junto ao Sonic antigo.

Foi, realmente, uma experiência gostosa jogar Sonic Generations, e ver as duas formas de Sonic -- a antiga, mais gordinha e com pernas menores e a atual mais magra e esguia -- interagirem entre si. Mas era o tipo da coisa que só valia enquanto experiência única, não enquanto uma nova série em si.

Soltando fogos para comemorar a queda de Pokémon GO

Num período de quinze dias, Pokémon GO atingiu a marca de 45 milhões de jogadores. Desses, pelo menos 15 milhões deixaram de jogar no um mês que se seguiu.

Odiadores de Pokémon GO comemoram. Vozes do apocalipse anunciam o fracasso.

Só vou levantar uma questãozinha: vocês por acaso sabem o sufoco que geralmente é para fazer um jogo atingir um "mísero" milhão de jogadores?

Só o chorume anti-Pokémon que não caiu ainda...