Enquanto revelações do 'Sonic Mania' vão numa boa, as de 'Sonic Forces' provocam dez tipos de medo

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Os dois grandes projetos envolvendo Sonic em 2017 não são mais segredo para ninguém: um é o Sonic Mania, naquele estilo da década de 1990, e o outro é o Sonic Forces, que continua a linha do tempo do Sonic em 3D, e vai pelo mesmo caminho do Sonic Generations de 2010: o encontro do "Sonic antigo", mais baixinho e fofinho, com o "Sonic de hoje", mais esbelto e marrento.

As forças do mal em 'Sonic Forces'. 
Com o passar dos dias, novos detalhes vão sendo revelados sobre os dois jogos. No que diz respeito a Sonic Mania tudo vai bem. A revelação mais recente, envolvendo a trilha sonora, evidencia o que nunca foi segredo: trilhas sonoras de Sonic são sempre muito boas.



A propósito do Ataribox e de um console da Sega

domingo, 23 de julho de 2017

Vi, recentemente, um cara no YouTube  desses canais em que a pessoa apenas narra  dizendo que o anúncio e o lançamento do Ataribox seriam um bom sinal para que a Sega também retornasse ao mercado de consoles.

Um dos milhares de resultados para "Sega New Console".

Resumão Atribox

O que já se sabe sobre o Ataribox:

1. É, sim, um novo console da Atari.
2. Tem design que lembra os consoles antigos.
3. Vai rolar jogos das antigas.
4. Vai rolar jogos inéditos também.
5. O console vem para dar uma sacudida no mercado, mas sem a intenção de engolir Xbox e Playstation.

Nintendo sem 3DS: qual é o plano?

sábado, 15 de julho de 2017

Desde que foi anunciado o encerramento da produção de New Nintendo 3DS pela Nintendo, pessoas ao redor do mundo se perguntam qual é o plano ou se o Nintendo Switch é o plano.

Por mais que seja visto como "híbrido", é difícil ver um console complexo (e mais caro) como o Switch sendo sucessor numa linhagem que fez tanto sucesso — venderam bem mais que o PSVita.

Será mesmo que o tamanho das mãos das crianças é a única coisa a ser pensada?

"New" e descontinuado.



Nintendo anuncia games de Kirby e Yoshi na E3, mas eles ainda não têm nome

terça-feira, 13 de junho de 2017

A apresentação da Nintendo esse ano pode não ser a melhor de todos os tempos, mas é melhor que muitas no passado recente da Big N. Novos trailers de grandes títulos como Metroid: Samus Returns, Xenoblade Chronicles 2 e Super Mario Odissey chamaram a atenção, como tinha que ser.

Dentre os anúncios, porém, há um jogo de Kirby e outro de Yoshi prometidos para o ano que vem. O jogo de Yoshi parece bastante o "Woolly's World", mas parece ter havido modificações em jogabilidade e cenário - há partes de papelão, por exemplo. Falando em papelão, em alguns momentos o jogo parece justamente algum da série Paper Mario


O jogo de Kirby tem alguns cenários que lembram New Super Mario Bros. U e "função amor" em que Kirby converte inimigos em aliados.

Na E3, Sonic Forces finalmente tem trailer decente

Odiadores sempre odiarão jogos 3D do Sonic. Mas 'Sonic Forces' vem aí e tudo indica que será uma incrível junção de Sonic Colors com Sonic Generations. Tudo isso dá para ver no mais novo trailer, que ainda mostra a função criar próprio personagem e o novo inimigo a ser derrotado dessa vez.

Xbox ONE já não era um nome legal

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Quando a Microsoft anunciou o Xbox ONE como substituto do Xbox 360 lançou um incômodo elementar: se era o terceiro console da série, porque se chamaria "One"?

Xbox ONE X pode acertar em muita coisa e pode encantar pelos jogos em 4k, por exemplo. Pode até ser um "monstro", como afirma a propaganda. Mas não tem um nome tão feliz.


Lucros com Playstation 4 foram prejudicados por conversões cambiais

sábado, 29 de abril de 2017


Os números do Playstation 4 vão bem, mas houve queda de 6% no faturamento em relação ao levantamento do ano anterior por uma razão curiosa: o dinheiro arrecadado em economias não tão bem estruturadas (o Brasil por exemplo) não gerou dividendos tão interessantes na hora da conversão para dólares e ienes.

Mas essa é uma conta que só atinge à Sony. É diferente de quando, por exemplo, um console vende mal, poucos estúdios se dispõem a desenvolver games para ele e o jogador é quem sai prejudicado. 

Playstation 4 pode chegar a 80 milhões de unidades em 2018

Tem horas em que é preciso "botar o pau na mesa" e foi isso que a Sony fez ontem ao anunciar que seu console de oitava geração, o Playstation 4, chegou à marca dos 60 milhões de consoles vendidos.

A meta é chegar à marca de 80 milhões em 2018, ano em que, ao que tudo indica, será lançado o sucessor do console.



Novos números: novo Zelda vendeu mais que o Switch, que já passou das 2,7 milhões de unidades

quinta-feira, 27 de abril de 2017

O site Nintendo Everything informa que o console de nona geração Nintendo Switch atingiu a marca de 2,74 milhões de unidades.

O país em que mais consoles foram vendidos são os Estados Unidos, com 1,2 milhões. No Japão já foram vendidas metade disso: 600 mil.

O ritmo de vendas costuma ser uma variável inconstante, mas se elas continuarem como estão, o Switch poderá alcançar as vendas do Wii U já no ano que vem.



The Legend Of Zelda: Breath of The Wild, maior carro-chefe do Switch, mas que também foi lançado para Wii U, vendeu 3,84 milhões de unidades.



Você, dono de loja de games, já fez sua encomenda de naftalinas?

terça-feira, 25 de abril de 2017

O artigo no Canaltech é meio velho (semana passada para ser mais exato), mas a história continua atual. Assistências técnicas nos Estados Unidos estão encontrando baratas no interior do Playstation 4. Mas a questão não se resume à, digamos assim, nojeira. Vários problemas no funcionamento do console estão sendo provocados por elas.



E ao que parece a situação não é diferente no Brasil.

Se eu fosse dono de loja de games já preparava um bom de um carregamento da boa e velha naftalina, exterminadora implacável desse indesejável espécime de inseto cascudo. Vai por mim: no Brasil vai vender mais que Amiibo.

Zoeiras à parte, é bom lembrar que ninguém nunca testou o efeito da evaporação da naftalina num console. Se quiser usar nossa ideia ~curiosa~ em casa, não coloque dentro do console, né!? Basta pôr meio perto...

Pode confessar: essas bolinhas já foram vistas bastante no seu guarda-roupa, não é mesmo?

Tamanho das mãos das crianças pode levar Nintendo a desenvolver um "sucessor" para o 3DS

Enquanto híbrido, o Nintendo Switch tem sido tratado como um sucessor tanto do Wii U, de mesa, como do Nintendo 3DS, portátil. Uma versão mini já é esperada, como ocorreu com o Wii.

Mas um motivo pode ser determinante para o desenvolvimento desse aparelho: as mãos das crianças. Segurar a tela do Switch, que não parece tão grande assim para os marmanjões, seria uma tarefa não tão fácil para elas. Pelo menos é o que avaliou um analista da Citigroup Inc. num relatório publicado pela Bloomberg.


Portanto, dimensões mais próximas à do 3DS já estão sendo estudadas, digamos assim, com "muito carinho". Um "carinho" que vale alguns milhões de dólares. 

Só nessa semana, dois títulos retrôs de luta serão lançados para Playstation

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Na quinta-feira, 27 de abril, a loja do Playstation disponibilizará para download ACA NeoGeo Galaxy Fight: Universal Warriors, jogo de luta lançado pela Sunsoft em 1995, para o console NeoGeo, lançado em 1990.


Na sexta, 28, quem vem "à luz" é River City Melee: Battle Royale Special. Assim como o título anterior, River City Melee é um jogo de batalha retrô, que vem de uma série que fez bastante sucesso na época do Game Boy.



Ainda assim, está confirmado que ninguém pode reclamar que faltem títulos retrôs.

Mercado de consoles retrô caminha para o "vale a pena ver de novo"

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Depois de tirar uma onda com o NES Classic Edition (que pretende descontinuar em breve), a Nintendo pretende relançar o SNES da mesma forma. Para quem não entende siglas em inglês: NES = Nintendinho, SNES = Super Nintendo.


Para quem acompanha a linha do tempo dos videogames, lembra que foi o SNES que subistituiu o NES lá na distante década de 1990. Coisa semelhante já acontece com os consoles clássicos da Sega: Mega Drive e Master System.

Em outras palavras, a busca por uns caraminguás nesse inusitado mercado do console retrô, os consoles antigos estão vivendo um verdadeiro esquema de "Vale a Pena Ver de Novo".

Zelda em quadrinhos no Brasil: vai rolar!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

A Panini, uma das editoras com maior know-how em mangás no Brasil (e em vários países, é bom que se diga), anunciou no CCXP Nordeste que publicará mangás da série The Legend Of Zelda no Brasil.

Ao todo serão cinco publicações, cada uma com o equivalente a dois volumes dos mangás originais, conforme informado no site Chuva de Nanquim.


A série não teria momento mais perfeito para chegar, diante do sucesso de The Legend Of Zelda: Breath of The Wild que já vendeu 1,5 milhão de cópias (contando as vendidas para Nintendo Switch e Wii U). E não que Zelda algum dia já tenha sido um fracasso.

Jogo de mesa Super Mario Level Up! está chegando nos EUA

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Os fãs norte-americanos da série Super Mario poderão ter, em breve, uma nova experiência unplugged com os personagens da série.

Super Mario Level Up! é fabricado pela USAOopoly, especializada em criar jogos inspirados em Monopoly, e que já fez outros jogos inspirados em Super Mario antes. O preço sugerido é de 19,95 dólares.

O objetivo do jogo é levar seus personagens ao castelo de Peach, localizado no topo de uma "escadaria", enquanto se coleta moedas (mais informações no Reino do Cogumelo).

Confira algumas imagens:


Pelo amor de Deus, que controle é esse?


É um controle DualShock 4 criado pela Hori em formato de Slime para o jogo Dragon Quest XI, que está sendo lançado agora no Japão. Por enquanto, só é oferecido por lá.

 Nos fóruns e redes sociais uma das maiores reclamações é em relação ao seu formato nada favorável anatomicamente. Muita gente está sentindo dor nas mãos só de olhar. Vamos aguardar para saber se não é nenhum primeiro de abril atrasado...

Posso pagar com moedinhas do Mario?

terça-feira, 11 de abril de 2017

Motorista de Uber em Curitiba está fazendo sucesso porque instalou um Nintendo 64 em seu carro. Conta, inclusive, uma história de uma passageira que ofereceu pagar o dobro se ele a deixasse terminar de fase (!!!).

História completa de Fernando Kania você confere aqui.

Minha dica: recebeu o salário do mês e está em Curitiba? Melhor evitar o carro do moço...

Com artistas, XBox Design Lab tenta conquistar alguma popularidade

O Xbox Design Lab, serviço que permite a personalização de cores nos controles para Xbox, já existe há algum tempo. O canal do Xbox no YouTube, recentemente, convidou artistas para criarem suas próprias versões do controle.

O "Charmoso" foi desenhado pelos artista plásticos Craig Redman  e Karl Maier e o "Samurai" pelos estilistas brasileiros Bruno Basso e Christopher Brooke.



Playstation divulga modelos Porsche que estarão em 'Gran Turismo Sport'

Os perfis do Playstation no Twitter (e são vários em várias línguas, inclusive em português), confirmaram, durante a tarde, a inclusão de modelos Porsche em 'Gran Turismo Sport'. De quebra, divulgaram imagens bastante instigantes. Confira:





Yooka-Laylee: chega a custar metade na Steam

O game Yooka-Laylee, visto como "sucessor de Banjo-Kazooie", está sendo lançado hoje nos consoles Playstation 4 e XBox ONE. O preço da versão para PS4 chega a impressionantes R$ 179.

Na Steam, o jogo está custando R$ 85 e uma versão Deluxe chega a R$ 106. Para quem quer curtir o jogo — e, sim, pelas reviews e comentários, ele vale muito a pena —, tem um computador razoavelmente bom e está afim de não gastar muito agora, fica a nossa dica.

Sabe que jogo vendeu bem? 1, 2 Switch!

segunda-feira, 10 de abril de 2017


Tenho preguiça do jogo 1, 2 Switch e isso não é novidade por aqui. Parece casual demais até para consumidor da Nintendo. É jogo para jogar em festinha, convescotes, chá de bebê, etc.

Se for sguir por essa tese, pelo menos 186 mil festeiros compraram o jogo logo na semana de estreia do Switch, garantindo ao jogo o quarto lugar entre os mais vendidos da semana.

Minha opinião sobre o jogo não mudou. Já defendi (e já vi em fóruns por aí que não sou o único) que esse jogo fosse oferecido gratuitamente, já que ele serve para explorar os potenciais do console. E também não o compraria por 50 euros de jeito nenhum.

Parece-me mais que o jogo atingiu tal patamar só por se tratar da estreia do console, haver pouquíssimos títulos disponíveis e 1, 2 Switch ser um desses pouquíssimos. 

Zelda: Breath of The Wild: quase 1,5 milhão na semana de estreia

domingo, 9 de abril de 2017

O jogo mais bem-sucedido do Nintendo Switch até agora, segundo o amado e odiado VG Chartz, é The Legend of Zelda: Breath of The Wild. Segundo o ranking, o jogo vendeu 1,49 milhão de unidades na semana de estreia, que tem o dia 4 de março como referência — para constar: as semanas de distância entre as vendas e a divulgação dos números são algo comum no mercado. O console, por sua vez, 1,5 milhão no mesmo período.


Detalhe importante: Breath of The Wild foi lançado para Wii U simultaneamente ao Switch. Do número total de vendas, 25% são referentes ao console da geração passada — pouco mais de 370 mil unidades.

Fato curioso é que o Breath of The Wild para Wii U ocupa a terceira posição entre os mais vendidos daquela semana, atrás apenas de sua versão para Switch. É o único jogo para Wii U entre os 50 mais vendidos (ÚNICO ENTRE OS 50 FUCKING MAIS VENDIDOS) daquela semana, corroborando para o que já sabemos: Breath of The Wild é um sucesso, mas o Wii U já deu o que tinha que dar.

Assim como a Mad Catz, Atari também já declarou falência e continua por aí...

sábado, 1 de abril de 2017

Hoje é Primeiro de Abril, dia da mentira. Dia de lembrar de quem diz que vai, mas fica.

Ontem, 31 de março, muitos gamers hardcore lamentaram que o fabricante de periféricos Mad Catz decretou falência. Em seus dias melhores, a Mad Catz lançou aparelhos que eram sonho de consumo de qualquer um que goste de games um pouquinho mais que a média.

LYNX 9 M.H.C., lançado nos idos de 2015
Inclusive, quando o Ouya se destacou como "grande expoente dos consoles indies", a Mad Catz bateu de frente com seu M.O.J.O. Hoje, apesar de bem longe dos píncaros da glória, o Ouya sobrevive bem.

Tal como a Mad Catz, a Atari também declarou falência em 2013, mas continua por aí, firme e mais ou menos forte, vivendo, especialmente, do passado. O clássico console Atari 2600, por exemplo, foi relançado recentemente (no Brasil, por intermédio da Tectoy) e teve recepção até bem razoável.

Muita gente também deve torcer que a Mad Catz tenha falido desse jeito.

Versão beta do Scirra Construct 3 já está disponível #gamedev

sexta-feira, 31 de março de 2017

A engine Construct 3, que sucede um dos mais populares (senão o mais popular) dentre os motores para criação de games sem a necessidade de códigos de programação, o Construct 2, já está disponível em uma versão beta.


O programa roda no seu próprio navegador Chrome, a exemplo do que alguns concorrentes como o WiMi5 já fazem.

Se seu navegador estiver desatualizado (mesmo que só um pouquinho), o programa exigirá que você o atualize. O site oficial oferece um free trial mas alerta para possibilidade de bugs e conteúdos indisponíveis.

Sobre Tetris e o estresse

O IGN publicou matéria em que pesquisadores dizem que Tetris pode ser eficaz em prevenção de estresse pós-traumático.

"Nossa hipótese foi que, após o trauma, os pacientes teriam menos memórias intrusivas se jogassem Tetris como parte de um curto processo de intervenção comportamental enquanto esperavam no pronto-socorro", explicou para a matéria a professora de psicologia Emily Holmes, de um instituto de pesquisas científicas.

Tetris em uma de suas dezenas de versões.

Tetris pode prevenir estresse. Ciência.

Mas para quem não gosta, assistir alguém jogando Tetris pode gerar estresse. Vivência.

'Club Penguin' encerra atividades com direito a choro

A Disney encerrou as atividades do jogo online Club Penguin após quase 12 anos. Mas colocou no lugar uma versão recauchutada e toda em 3D chamada Club Penguin Island, que pretende ser, como poderíamos dizer... "o mesmo mas melhor".

Club Penguin em momento de grande galerosidade.

Entre algumas das mudanças está a própria forma de jogar. Antes se podia fazê-lo direto no site. Agora, é preciso instalar um aplicativo no celular ou tablet.

Ainda não se sabe as mudanças agradarão ao velho público. Aliás, também não se sabe se o "velho público" é realmente tão importante para os planos de negócio da Disney, já que os mais marmanjões são justamente as crianças que cresceram jogando.

O que já se sabe é que o fim brusco causou algumas reações inesperadas:

Snake Pass (apelidado de "Jogo da Cobrinha 2.0") é o xodó do momento

Fruto de uma história que já tem mais de quarenta anos (e que você pode conferir em artigo recente no Game Lover), o jogo Snake Pass saiu recentemente para várias plataformas. É, basicamente, um jogo da cobrinha, como aquele dos antigos celulares Nokia, só que com gráficos, produção, power-ups e enredo elevados a 1000.

O jogo foi desenvolvido pela Sumo Digital, que já foi responsável por títulos memoráveis em franquias como Sonic, Big Little Planet e OutRun.


Já pode entrar para a lista das boas surpresas do ano de 2017.

Não, o Wii U não é o maior vexame da Nintendo

A web, ao dar voz a tanta gente (e nem é ruim que se democratize a comunicação) também ajuda os exagerados a ganharem palanque. Diante do sucesso do Nintendo Switch — leia-se: não tem nem um mês desde seu lançamento e ainda é cedo para um diagnóstico final — já há quem chame o Wii U de maior vexame da história da Nintendo.

O fato de o Wii U ter vendido pouco mais de 10% do que vendeu seu antecessor, o Wii é, realmente, um dado que chama a atenção. Mas quem conhece a história da Big N deve saber que o posto de maior fiasco ainda é do console Virtual Boy.


O Virtual Boy pretendia fazer uma imersão em ambiente virtual com a tecnologia 3D disponível (e possível) em 1995. Os jogos tinham apenas duas cores: vermelho e preto. A coisa deu errado num nível que não tem Wii U capaz de alcançar: poucas unidades vendidas, poucos jogos desenvolvidos e jogadores com náuseas e dores de cabeça.

A história do Virtual Boy pode ser encontrada muito facilmente em qualquer lugar da internet. Mas o vídeo abaixo já dá uma explicação até bem razoável.

Garoto que fez Switch de papelão: ótima oportunidade de marketing para a Nintendo

quinta-feira, 30 de março de 2017

Um garoto japonês, que queria ganhar um Switch mas ficou só na vontade, é um dos grandes virais no Twitter hoje. Sua história, contada com detalhes no site Omelete, culmina na criação de uma réplica do Switch em papelão, com uma riqueza de detalhes impressionante.


O vídeo do garoto montando seu "Switch" já foi compartilhado mais de treze mil vezes (e crescendo). É claro que muita gente ficou na expectativa que a Nintendo dê um console ao garoto. E talvez seja mesmo a melhor atitude da Big N diante do caso, nem tanto por "caridade", e sim por ser uma bela oportunidade de fazer aquele marketing esperto, marketing moleque, marketing de várzea.

Como "Pac-Man" virou "Come-Come"

Ame ou odeie, o UOL Jogos às vezes tem matérias muito interessantes (e que não cometem erros). Numa mais recente eles contam a história de como o jogo Pac-Man ganhou o apelido "Come-Come" no Brasil.

A história tem a ver com um manual em português de um videogame da década de 1980 que traduzia os títulos dos games da mesma forma pouco criteriosa que sempre se fez com os filmes estrangeiros.

Assim sendo, o game K.C.'s Krazy Chase!, de 1982, que era, em parte, uma cópia do Pac-Man lançado pela Namco em 1980 — embora tivesse alguns detalhes bem melhorados como a mecânica de comer a cobrinha em pedaços —  , foi chamado de "Come-Come" pelo manual de instruções do Odyssey.

O "come-come 'original'" era azul e retangular. Quem diria!

A história, além de estar em matéria do UOL Jogos, também pode ser vista no livro "1983+1984: Quando os Videogames Chegaram", cujo download pode ser feito gratuitamente aqui. Confira um pouco da gameplay do K.C.'s Krazy Chase!:

Fazer livestream te faz operador de TV? Para arrancar 1000 euros, Alemanha diz que sim



Burocatas são burocratas. Seja no país que for, não dá para esperar boa coisa vindo deles

Na Alemanha, reguladores querem equiparar livestreamers a operadores de TV. Caso isso ocorra, quem quiser fazer streams usando, por exemplo, a plataforma Twitch, terá de preencher formulários e mais formulários e pagar taxas que podem chegar a 1000 euros   o que poderia inviabilizar muitos canais daquele país.

A ideia é que a regra comece valendo para quem faz transmissões 24 horas por dia.

Nós temos uma ideia melhor: que nada disso vá a diante e nenhum outro país queira copiar. Leia mais sobre o assunto, em inglês, no site Engadget. A imagem é da postagem é do GameOnDaily.

Kickstarter também financiou Ouya e Zrro

domingo, 26 de março de 2017

A propósito dos 10 mil jogos que já foram financiados pelo Kickstarter, vale lembrar aqui que o Ouya, um dos maiores xodós entre os consoles alternativos da recém-encerrada oitava geração, também só foi possível graças aos fãs de games congregados no site.



"Playstation da Nintendo" 2: dono de único exemplar nem é um grande aficionado por games

A história de como o "Playstation da Nintendo" foi parar no "colo" de Dan Diebold é outro capítulo interessantíssimo à parte. Seu pai, Terry, comprou umas caixas com itens de prata de um leilão feito após a falência da Advanta, empresa em que trabalhava.

Na hora da entrega, eles receberam umas caixas de "brinde". Numa delas, estava a relíquia.

Em outras palavras, eles não gastaram um centavo para adquirir o protótipo e agora recebem propostas de até 200 mil dólares.

Pai, filho e o protótipo do console. Foto do site Egadget.

10 mil jogos já foram financiados através do Kickstarter

A plataforma de financiamento coletivo Kickstarter comemorou essa semana a marca dos 10 mil jogos já financiados através do site. As cifras chegam aos 2 bilhões de dólares.
Tweet em que comemoram a marca.


Nisto cabem alguns insights:

1. Para o Kickstarter é bom marketing.

2. Para os desenvolvedores também é bom saber que há um lugar em que podem financiar seus projetos de modo eficiente.

3. É bom lembrar que nenhum serviço de crowdfunding só para games conseguiu se estabelecer. Sites como Gamekicker e 8 Bit Funding funcionaram por algum tempo, mas logo precisaram encerrar as atividades. Já sites de financiamento coletivo de outros setores (como o Bookstart, de livros) conseguiram esse feito. De qualquer forma, há outro site muito benquisto por desenvolvedores, ainda que não trabalhe só com games: o Indiegogo.

Yooka-Layle, um dos títulos já financiados.

"Playstation da Nintendo" 1: dono de único exemplar já recusou 200 mil

Quem sabe um pouco da história dos consoles de videogame sabe que a Nintendo e a Sony já tentaram uma parceria nos anos 1990. A parceria não foi a diante, ficando para trás apenas o protótipo de um Playstation que seria lançado a partir dessa parceria.

O design, como se pode ver, é parecido com o que viria a ser o Super Nintendo.

Dan Diebold, proprietário do único exemplar conhecido do protótipo (cerca de 200 chegaram a ser produzidos, mas a maioria foi destruída) afirmou recentemente que já recebeu várias propostas para vendê-lo. A maior foi de 200 mil dólares.

Assassin's Creed pode virar seriado

sábado, 25 de março de 2017

Segundo anunciado pela própria Ubisoft, a franquia Assassin's Creed pode virar série de TV. Aymar Azaizia, chefe de conteúdo da série, não revelou detalhes (como por exemplo, se é série de animação ou com atores). O mais provável, segundo artigo do Arkade, é que saia primeiro para Netflix.


Assassin's Creed já se tornou série de livros e, mais recentemente, ganhou um longametragem para cinema. Em ambos os casos, conquistou legião de fãs e de críticos ferrenhos.

Mass Effect Andromeda disponível em níveis bem físicos

sexta-feira, 24 de março de 2017

O quarto título da série Mass Effect foi lançado hoje não apenas com o buzz esperado pelo jogo. Se, por um lado, um ex-funcionário da BioWare deu declarações amenizando a discussão sobre a qualidade ruim das animações do jogo, por outro, a própria BioWare está disponibilizando um modelo do Nomad ND1.



O carro especial está sendo vendido apenas nos Estados Unidos pela bagatela de 100 dólares. Mas se você comprar em pacotes junto com o próprio jogo, pode pagar mais barato: de  60 a 70 dólares.

Quem é colecionador, mora nos Estados Unidos e tem dinheiro (!!!) não pode perder essa oportunidade.

Ou pode? 👀👍

Mesmo após lançamento do Switch, preço do Wii U é pouco atrativo

Mesmo com tanta coisa em seu desfavor, um Wii U ainda demanda o desembolso de mais de mil reais de quem quiser adquiri-lo agora. Entre R$ 1400 e R$ 1800, para ser mais específico (como você pode conferir aqui).



Vários fatores podem explicar o preço: desde o dólar até o encerramento das atividades da Nintendo no Brasil em 2015.

A pergunta que fica para quem ainda não tem um Wii U é se vale a pena gastar essa grana razoável para ter um agora.

Apple e o bom e velho encaixe

quarta-feira, 22 de março de 2017

Rumor de patente de futuro MacBook híbrido (que teria encaixe perfeito com iPhone)



Geralmente, os componentes primeiro se encaixam, ou pelo menos conversam entre si, para depois se tornarem uma coisa só. Mas a despeito de wireless, bluetooth e afins, sempre haverá um espaço para o bom e velho encaixe.

Galvão narrando LoL... certo, próximo assunto

terça-feira, 21 de março de 2017

Ontem, num horário como agora, a internet foi inundada por notícias de que Galvão Bueno narraria League of Legends. Parecia legítimo. Até o momento, só rolou a boa e velha zoeira moleque, zoeira de várzea...

Resident Evil 7 pode sair para o Switch

segunda-feira, 20 de março de 2017

A Capcom, que inicialmente havia negado os rumores, confirmou que poderá lançar Resident Evil 7 no Nintendo Switch.

Esse pode ser um dos grandes sinais de recuperação da confiança em consoles da Nintendo (leia mais sobre o assunto aqui), mas, por enquanto, não há nenhuma certeza.

Vale lembrar que apenas um título de Resident Evil foi lançado para Wii U. E ele não se deu muito bem no mercado (porque o próprio Wii U não se deu muito bem não se deu bem no mercado).

A franquia já viveu tempos melhores em consoles Nintendo.








CBLoL narrado por Galvão Bueno é o novo 7 a 1

Haja coração, amigo! Galvão Bueno, o narrador esportivo mais amado do Brasil -- e também mais odiado -- irá narrar partidas de League Of Legends -- também amado e odiado -- pelo CBLoL no SporTV.

Como parte do pacote, segundo o Drops de Jogos, também está a narração de um jogo de futebol por Toboco, conhecido narrador de LoL.

A pesquisa de mercado -- supondo que ela exista -- que demonstrou que isso poderia ser uma boa ideia deve ser teste pra cardíaco, amigo!


Justiça dá aval e Mario Kart da vida real continua funcionando

segunda-feira, 13 de março de 2017

O mundo gamer tem acompanhado nos últimos dias o caso da empresa japonesa MariCar, que oferece aos seus clientes a experiência de passear de kart pelas ruas de Tóquio vestido como um personagem da série Mario Kart.

A Nintendo processou a empresa, o que é algo muito recorrente. Entra ano e sai ano, a Nintendo processa pessoas por usarem seu conteúdo sem sua autorização.

Dessa vez, porém, a empresa MariCar levou a melhor e, pelo menos por enquanto, segundo A Casa do Cogumelo, poderá continuar oferecendo seus serviços. O tempo dirá se isso abrirá precedente para outros casos.


Nintendo Switch já começou a baixar no Mercado Livre

quinta-feira, 9 de março de 2017

Todo mundo já sabe que o Nintendo Switch foi lançado no último dia 3 de março em vários lugares do mundo. O Brasil não é um deles, já que a Nintendo encerrou as operações por aqui em 2015 (prometeu que voltava logo).

A única forma de se ter um Switch, por enquanto, é importando ou comprando de quem faz importações. O preço médio oferecido pelos importadores no dia do lançamento era R$ 3500.

Menos de uma semana depois, o preço já baixou um pouco, mas ainda está longe de ser acessível. Varia entre R$ 2600 e R$ 2800. É a queda normal e já esperada, e que prosseguirá acontecendo. Para quem não tem tanta pressa (nem tanto dinheiro) vale a pena esperar mais um pouco.

Imagem do Switch numa sacola como vista no perfil de um dos vendedores do Mercado Livre.



De Blob chegará à Steam em abril

segunda-feira, 6 de março de 2017

Jogo com missões de pintar cenário com tintas (que apresenta certa semelhança com Splatoon, como você pode conferir aqui) chegará à Steam em 27 de abril, segundo o site Video Gamer.



Lançado em 2008 para Wii, De Blob também foi lançado em outras plataformas digitais, ficando de fora de outros consoles. Seu sucessor, esse sim lançado para todos os consoles, não obteve o mesmo sucesso.

Dentre as novidades dessa versão está a disponibilidade para até 4 jogadores. Em seu lançamento para Wii, o jogo era disponível apenas para 2.

Está oficialmente iniciada a nona geração dos consoles de videogame #NintendoSwitch

sexta-feira, 3 de março de 2017



Foi só virar a madrugada que a primeira unidade de Nintendo Switch havia sido vendida na loja da Big N em Nova York. Mal havia passado da meia-noite do dia 3 de março de 2017.

E é óbvio que as fotos da festa ficaram ótimas e foram para o Twitter.



Boa sorte e sucesso à Nintendo a partir de agora. Está oficialmente iniciada a nona geração dos consoles de videogame. Até o final do ano, quando a Microsoft pretende lançar seu console, a Nintendo reinará absoluta. A partir de lá, só Deus sabe...

1,2 Switch mais barato que o anunciado. Desinteresse?

quinta-feira, 2 de março de 2017

O jogo 1,2 Switch nem foi lançado. Na verdade, nem o console Nintendo Switch foi lançado ainda (embora a data esteja se aproximando), e a Amazon alemã já diminuiu o preço do jogo, segundo a versão portuguesa do Eurogamer.

Anunciado inicialmente para custar €49.99, o jogo passou a ser oferecido por €34.99 no site.

O site não especula razões pelas quais isso aconteceria, mas é só ir no Twitter e pesquisar por "1 2 Switch boring" que vocês começarão a entender. O jogo é até legalzinho pra confraternização com os amigos, mas ainda é estranho pensar que alguém possa querer preferi-lo entre outras opções, ainda mais com isto custando o mesmo que outros jogos aparentemente mais interessantes.

Vamos brincar de escovar os dentes?

O mês de sobe e desce da produtora de Angry Birds

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Um mês atrás, a finlandesa Rovio Entretainment, produtora da série Angry Birds (um dos maiores sucessos dos celulares no início dos anos 2010, mas que hoje tem porte mediano) foi notícia com a afirmação de que estaria disposta a abrir um estúdio em Londres.

Hoje, foi notícia porque estaria dispensando 10% de seu pessoal. Por enquanto, se fala em lay-off, ou seja, uma licença sem desligamento definitivo.

Isso também vem no embalo do anúncio de Angry Birds Blue, um spin-off sobre os trigêmeos azuis com 30 episódios e que deve seguir a mesma identidade visual do longametragem.

Talvez o maior problema da Rovio ainda seja o de não ter conseguido emplacar nada além dos Angry Birds.