O mês de sobe e desce da produtora de Angry Birds

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Um mês atrás, a finlandesa Rovio Entretainment, produtora da série Angry Birds (um dos maiores sucessos dos celulares no início dos anos 2010, mas que hoje tem porte mediano) foi notícia com a afirmação de que estaria disposta a abrir um estúdio em Londres.

Hoje, foi notícia porque estaria dispensando 10% de seu pessoal. Por enquanto, se fala em lay-off, ou seja, uma licença sem desligamento definitivo.

Isso também vem no embalo do anúncio de Angry Birds Blue, um spin-off sobre os trigêmeos azuis com 30 episódios e que deve seguir a mesma identidade visual do longametragem.

Talvez o maior problema da Rovio ainda seja o de não ter conseguido emplacar nada além dos Angry Birds.


0 comentários:

Postar um comentário